CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Em protesto, entidades pedem que deputados rejeitem lei do Manual da Polícia Civil

Em protesto, entidades pedem que deputados rejeitem lei do Manual da Polícia Civil
5 (100%) 1 voto

O Sindicato dos Delegados do Estado (Sindepol-TO), Associação da Mulher Policial, Associação dos Policiais Civis (Aspol) e comunidade realizaram um protesto na manhã desta terça-feira, 26, em frente à Assembleia Legislativo, contra o Manual de Procedimentos da Polícia Judiciária, criada pelo governo do Estado no início do mês.

O presidente do Sindepol, Mozart Félix, pediu aos deputados que rejeitem o projeto de lei que cria o manual. “Não há outro caminho”, defendeu Félix.

LEIA MAIS

— Confira tudo que foi publicado sobre o novo Estatuto da Polícia Civil

O presidente da Aspol, Paulinho Lima, disse que é “uma surpresa” ter que conviver com as tentativas do governo “de coibir as ações da Polícia Civil”. “A Polícia Civil não é inimiga do governo nem da Assembleia, mas do crime, esse é nosso inimigo”, afirmou Lima.

Apesar da movimentação, não há sessão nesta manhã, já que às terças-feiras os trabalhos do Legislativo ocorrem à tarde.

Assista o discurso dos presidentes do Sindepol, Mozart Félix, e da Aspol, Paulinho Lima:


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também