CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.
governo-mobile-2

Familiares de presos da Cadeia Pública de Peixe se manifestam contra possível fechamento da unidade

Familiares de reeducandos da Cadeia Pública de Peixe, sul do Estado, se manifestam contra fechamento da unidade prisional nesta segunda-feira, 23. Segundo os manifestantes, o comunicado do fechamento veio a público por meio de documento interno repassado pela Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju). “Clamamos por piedade”, disseram os familiares, que também fizeram um abaixo-assinado que será encaminhado ao governo do Estado.

Cadeia atende outras cidades

Estiveram reunidas mais de 50 pessoas em frente à unidade prisional. Os familiares alegam que, se fechada, a unidade deixará atender também os municípios de São Valério e Jaú do Tocantins. Recentemente, a Cadeia passou por reformas com o auxílio da comunidade.

Longe da família será pior ainda

Em vídeo enviado à Coluna do CT, familiares relatam diversos impactos que podem ocorrer com o possível fechamento da unidade. Dentre as dificuldades, elencam a dificuldade das famílias no cumprimento do direito básico à visitação regular dos internos, tendo em visita a baixa condição financeira dessas famílias para deslocamento. “Se aqui é tão difícil de se recuperarem, longe [da família] será pior ainda. Sofremos todos os dias a falta deles”, afirmou Ana Cláudia Rodrigues, que tem um irmão preso na unidade.

Posicionamento

A Coluna do CT questionou a Seciju sobre quais razões levaram ao possível fechamento da unidade, como a região será atendida, se a situação pode ser revista e, caso não, quais medidas serão tomadas para a transferência dos presos. A pasta não entrou em qualquer detalhe. “A situação está sendo analisada e alinhada diretamente com a Unidade Penal em Peixe e frisa que a mesma segue a rotina dentro da normalidade”, resumiu.

(Por Elâine Jardim)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também